Eu...

A minha foto
Sou o que sou porque assim me ajudam a ser,a crescer,a melhorar...a cada sorriso,a cada abraço, a cada beijinho! Se sou o que sou, é porque vos tenho ao meu lado como grandes Anjos da Guarda...

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

MANGOSTÃO


Embora o nome possa fazer pensar na manga, um fruto bastante conhecido, o mangostão e a respectiva árvore não devem ser confundidos com este fruto. A árvore que dá o mangostão é tão excepcional como o seu fruto.
Eis alguns elementos que o confirmam:

Adulta, pode medir entre 6 e 24 metros.
A sua casca é castanha-escura (quase preta).
Possui folhas pequenas, coriáceas e espessas e flores de 30 cm de largura, que crescem em unidades de 3 a 9 nas extremidades dos ramos.
A árvore precisa de pelo menos dois anos para atingir uma altura de 30 cm.
Crê-se que o mangostão é originário das ilhas Sunda e Molucas, nas Índias orientais.
Depois do seu cultivo, pode ser necessário esperar entre 7 e 9 anos para colher os primeiros frutos, mas a maioria das árvores só dá frutos ao fim de 10 ou 20 anos.
A produção média das árvores adultas é de 500 frutos, mas algumas árvores chegam a dar 5000 mangostões.
Algumas árvores dão fruto até à idade de 100 anos.
A árvore do mangostão é "ultra-tropical" e não aguenta temperaturas inferiores a 4,4° C ou superiores a 37,7º C. Todas as tentativas para fazer crescer as árvores em regiões localizadas a norte de uma latitude de 20° falharam.Embora exista literalmente há milhares de anos, o mangostão não é muito conhecido no mundo. Cultivado tradicionalmente no sudeste asiático e em certas regiões tropicais, apresenta um sabor incomparável. Possuindo uma casca de cor roxa e uma polpa branca adocicada, tem aproximadamente o tamanho de uma tangerina.




Tão delicioso como benéfico para a saúde, o mangostão é rico em xantonas. Além disso, cada dose de mangostão contém até 5 gramas de fibras. O seu pigmento arroxeado também tem sido utilizado como corante.
"Pelo seu sabor requintado, o mangostão supera, se não todos os outros frutos do mundo, pelo menos todos os das regiões tropicais. Confesso que o mangostão é um verdadeiro prazer para os olhos e uma festa para o paladar", afirmou o Dr. David Fairchild, investigador agrícola, botânico e escritor.



O pericarpo do mangostão, ou seja, a parte que envolve o fruto e as sementes, também conhecido por pele ou casca, normalmente não se deita fora como acontece com a casca da laranja, por exemplo. Na realidade, o pericarpo é a parte do mangostão que tem tradicionalmente albergado as inúmeras propriedades benéficas do fruto. O Sumo XanGo® é preparado com a totalidade do fruto, tanto com a parte de dentro como com a de fora.

Fonte:MyXango

1 comentário:

Cucchiaio pieno disse...

Amo frutas, principalmente as exoticas - fiquei muito interessada e curiosa!
Bjim
Léia

Outros Sabores

Outros Sabores...

Obrigado por vir ao meu encontro...

Obrigado por vir ao meu encontro...
"Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre."

Cecília Meireles