Eu...

A minha foto
Sou o que sou porque assim me ajudam a ser,a crescer,a melhorar...a cada sorriso,a cada abraço, a cada beijinho! Se sou o que sou, é porque vos tenho ao meu lado como grandes Anjos da Guarda...

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Creme de baunilha e frutos silvestres



Acordei com um barulhinho na rua...
o chilrear duns passarinhos na janela do meu quarto!
Levantei-me e fui cumprimenta-los... o sol fazia-lhes companhia e compreendi o motivo da boa disposicao e das cantorias!
Desci e fui tomar o meu pequeno almoço...fui até ao jardim e respirei fundo.
O sol convidava á preguiça, mas as tarefas falaram mais alto e entrei em casa.
Quando me apercebi era altura de preparar o almoço efui até ao congelador em busca das minhas ervilhinhas...lasanha de vegetais!
Antes de fechar o congelador um saquinho acenou-me...os meus amigos frutos silvestres!!!Sorri-lhes e tirei-os pra fora do frio...ficaram a descansar na bancada.
Depois de preparar a lasanha deitei maõs aos frutinhos e ... um docinho FUI PREPARAR...
Ingredientes:
5 dl de leite
1/2 lata leite condensado
3 gemas
3 col.sopa açucar
2 col.sopa de farinha maisena
1 pacote açucar baunilhado
Fiz assim:
Coloquei num tacho os leites,as gemas, os açucares e a farinha maisena.
Misturei tudo com uma varinha de arames e levei ao lume,mexenndo sempre até ferver e engrossar um pouco.
Retirei do lume e deixei arrefecer (coloquei dentro duma taça com agua fria para ser mais rápido)
Entretanto coloquei os furtos silvestres (250 gr + 125 gr açucar) num tachinho e elevei ao lume.deixei ferver até amaciar os frutos.Retirei do lume e pus a arrefecer em agua fria também.
Coloquei uma camada de creme de baunilha numa taça , depois uma camada de frutos silvestres intercalado com colheradas de creme baunilha.
Por cima pus uma camada de frutos e decorei.
Levei ao frio.

Os meus amores agradeceram... eu também gostei!

Eu, tina

É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida.

Bob Marley

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Pasteis de "Vouzela"


A primeira semana de Setembro é para nós a despedida do Verão e das férias... o nosso rumo é São Pedro do Sul!
Todos gostamos lá em casa...são os ultimos dias de sol aberto e os primeiros de dias de chuvinha miudinha...quase sempre assim é, todos os anos!
Os primeiros dias ainda com sol, depois vem uns dias mais tristes...mas sabe tão bem!!!
Os passeios a pé...o ar fresco pela manhã,os passeios á praça das termas á noite...o cheiro das aguas quentes das termas...é muito agradavel!
Preparamo-nos para o inicio do Outono...o voltar á escola,rotina do dia a dia como diz a minha princesa.
Uma das coisas que nos sabe muito bem é comer um pastel de Vouzela...um pastel de doce de ovos com uma massa fina e crocante...hhuuummm é tão bom!!!
Apeteceu-me experimentar ... e ,ainda bem que o fiz, pois ficaram deliciosos!!!

Ingredientes:
1 embalagem de massa filo
ovos moles

Primerio fiz os ovos moles assim:
6 gemas
200 gr de açúcar
1,5 dl de água

Levar a água ao lume com o açúcar (não precisa atingir nenhum ponto) e deixar ferver cerca de 30 segundos e retirar do lume.
Mexer muito bem as gemas com um garfo e juntar uma ou duas colheres de sopa de leite (ajuda a passar no passador), passar por um passador.
Misturar a calda às gemas devagarinho e mexer sempre com uma vara de arames.
Levar ao lume e mexer lentamente com colher de pau em movimentos rectilíneos e não circulares (evita que o creme fique com espuma), até ficar com a consistência desejada.
Deixar arrefecer.
Nota: Ter sempre em conta que depois de arrefecido o creme fica mais espesso.

Depois abri a embalagem de massa filo.
Polvilhei a bancada com farinha e estendi as folhas de massa( duas de cada vez).Dividi a folha em quatro quadradinhos e em cada um deles coloquei uma boa colherada de ovos moles.
Enrolei e dobrei as pontas para cima.
Coloquei os pasteis dentro dum tabuleiro e levei ao forno por 15 m a 180 º.
Tirei do forno e polvilhei com açucar em pó.
A minha princesa adora estes pasteis...ficou encantada quando os viu no prato...
Ainda quentes fizemos o teste...pareciam bons, deixamos arrefecer e ...estavam mesmo muitos bons.
Mandei um pratinho de pasteis á nossa vizinha, que também gosta deles quando vai a S.P.S , e não é que ela achou que eram os pasteis de vouzela...vindos directamente de lá??!! :))
Fiquei vaidosa! :)
Foi aprovadissimo. e é para repetir.

A receita tirei do Petiscos

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Frango com couves


Este prato é um excelente convite aos amigos á volta da mesa...
Acompanhado dum bom vinho ...eis uma boa maneira de passar um agradavel serão!

Vamos aos tacho...
Fiz um refogado com cebola,alho,louro,azeite e pimentao.
Preparei o frango aos bocados e juntei ao refogado.Deixei apurar e juntei um pouco de vinho tinto.Deixei cozinhar em lume branco.Depois de verificar a cozedura reservei o frango e acrescentei água e deixei ferver.
Preparei umas quantas cenouras que parti e coloquei pra cozer na agua do frango.
Preparei um couve lombarda e juntei ao preparado anterior. Deixei cozer.
No final juntei uma caixinha de feijao e o frango para ganhar o sabor da couve.
Servi acompanhado dum arrozinho em branco...

Eh voilá...
Eu, Tina

Tem sempre presente que a pele se enruga,
o cabelo embranquece,
os dias convertem-se em anos...
Mas o que é mais importante não muda;
A tua força e convicção não têm idade.
O teu espírito é como qualquer teia de aranha.
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estiveres viva, sente-te viva
.Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo.
Não vivas de fotografias amarelecidas...
Continua, quando todos esperam que desistas.
Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti.
Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.
Quando não conseguires correr através dos anos,trota
Quando não consigas trotar, caminha.
Quando não consigas caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca te detenhas.

Madre Teresa de Calcutá

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Desafio...porta do frigorifico!


Ora aqui está mais um desafio que a amiga seruga me deixou...e eu como boa menina,faço!

Então aqui fica a porta do meu frigorifico!

Sempre com novas decorações :)) ...Sempre pela mão do meu principe pequenino...


Já vi em alguns blogs, e vou passar ás segintes meninas...se quiserem fazer (caso ainda não tenham feito!!) :)



AZEITE E ALHO( Ana)

Doces e Salgados

winniepetiscos

Kindin e o Sonho

Farófias com vinho porto


Encontrei esta variedade ás tradicionais farofias com creme...achei interessante e diferente.
Mais ...gostei muito do contraste do branco e do vermelhinho!!!
A hortelã perfuma o vinho do porto dando-lhe um aroma especial...
Vamos aos ingredientes:

4 claras
sal fino
250 g de açucar
5 dl leite
1 casca de limão
2.5 dl de vinho do porto
1 pau de canela
1 ramo de hortelã
1 c. chá canela em pó


Fiz assim:

Comecei por bater as claras com uma pitadinha de sal fino.Quando estas comecaram a ficar em espuma,adicionei-lhes 50 gr de açucar e continuei a bater até ficarem em castelo firme.

Levei ao lume o leite com 100 gr de açucar e a casca de limão.Deixei ferver e depois reduzi o lume.Fui deitando colheradas de claras em castelo no leite e deixei cozer um pouco dos dois lados.Tirei-as para um prato de servir e reservei.

Levei ao lume o vinho do porto com o restante açucar e o pau de canela.

Deixei ferver até reduzir para apenas metade e nessa altura juntei o ramo de hortelã.

Por fim deixei o molho arrefecer e deitei sobre as farófias.

Polvilhei com a canela decorei com um raminho de hortelã.


A repetir...
Eu, Tina



As Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Bolo de Carnaval



Não ligo nada ao carnaval...mas reconheço que é giro para as crianças...o meu principe vestiu a "pele" do Supr Homem e tem andado encantado!
No domingo á tarde aproveitei a visita do sr.carnaval e fiz-lhe um bolinho com a ajuda do super homem...
Era a oportunidade para experimentar o bolinho de cores...depois tinha na dispensa as "bolinhas de caraval" como o super homem lhe chamou... e ficou bolo de carnaval a seu pedido... sr. super homem!!!
Fiz assim:
3ovos
200 gr açucar
200 gr farinha
1 colher s.fermento
5 colheres s.agua ferver
corante verde e vermelho
3 peras
1 pudim morango

Barrei uma forma com manteiga e farinha.
Bati as gemas com o açucar ,depois de ficarem esbranqicadas misturei a agua .
Aos poucos fui adicionando a farinha com o fermento misturado.
Envolvi bem . Juntei as claras em castelo e voltei a envolver delicadamente.
Dividi a massa em tres partes.
A uma das partes juntei umas gotas de corante verde e na outra corante vermelho. A terceira parte da massa ficou igual.
Fui pondo dentro da forma as massas alternadamente.
Levei a cozer no forno por 20 m a 180º.

Levei um tachinho com agua e um pouco acucar ao lume, quando ferveu coloquei-lhe as peras sem pele e partidas em fatias dentro e deixei cozer.
Entretanto preparei um pudim "boca doce" de morango conforme as instruções e juntei-lhe uma colher de farinha maizena e deixei ferver.
Dividi o bolo em dois e uma das partees barreia com o creme de morango.Coloquei a pera por cima e tapei com a outra parte do bolo.
Depois barrei todo o bolo com o restante creme e decora-mos com as "bolinhas de carnaval".
Ficou muito agradavél.
Bom carnaval a todos!!!
Eu,Tina





Não viva para que a sua presença seja notada,mas para que a sua falta seja sentida...

domingo, 22 de fevereiro de 2009


Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar...Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim,aprender a amar o que nos foi dado.Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vaipara sempre...

sábado, 21 de fevereiro de 2009


Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir. Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. E com confiança no que diz.


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Pudim de pescada e salmão fumado




Existem aqueles dias em que me apetece mimar com uma comidinha diferente os meus amores ... sim porque nem todos os dias a inspiração me ajuda e nem todos os dias o tempo me permite grandes obras de arte... :)))
Tinha em mente um pudim de pescada e salmão...
Fui comprar os ingredientes e tinha quase a certeza que ficaria bom.
Em duvida estava somente o gosto da minha princesa...
Fui para a cozinha e deitei mãos á obra, na verdade não é nada dificil nem demora a fazer.
Os olhos também comeme...e achei que ficou bonito.
O sabor ...huuummm ficou muito bom!
O sabor do salmão fumada dá-lhe um toque especial.
Foi assim:

1 embalagem de lombinhos de pescada
1 ramo de salsa
sal e pimenta
4 ovos
3 dl de molho bechamel
1 embalagem de salmão fumado
1 embalagem de delícias do mar
100 gr de miolo de camarão

Cozi os lombinhos de pescada e o camarão em água temperada com um pouco de salsa,sal e pimenta.Deixei arrefecer dentro do caldo.
Preparei o molho bechamel, com a manteiga , farinha ,leite e temperei com um pouquinho de noz moscada e sal.
Bati os ovos com o molho bechamel , a salsa picadinhae temperei com pimenta.Depois misturei o miolo de camarão e envolvi tudo.
Previamente forrei uma forma tipo bolo inglês com pelicula aderente e depois cobri o fundo e as laterais com as fatias de salmão .
Deitei um pouco do preparado dos ovo dentro da forma.Depois coloquei os lombinhos e por cima as delicias do mar.
Deitei o resto da misturei e com uma espatula mexi um pouco de modo a misturar a mistura dos ovos e do camarão entre as delicias e os lombinhos.
Levei ao forno, em banho-mria, durante cerca de 40 m a 190º c.
Desenformei o pudim e servi-o aos meus amores com uma boa saladinha...

Esta é uma receita a repetir...a minha princesa com o seu gosto apurado gostou...e aprovou!
Eu, Tina

A amizade é um amor que nunca morre.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Almondegas com caril


Em visita ao irmão que vive no Brasil(estado de Alexania-Brasilia-Olhos de Agua), a minha sogra trouxe-nos uns miminhos de lá...entre eles vinha o caril e o pimentão de cultura lá de casa.

O pimentão já anda ao uso desde que chegou cá... o caril coitadinho ficou lá de lado na caixinha, sem oportunidade de mostrar o quanto vale.

Não me seduz muito o sr. caril...á minha princesa também não,quando a avó faz algo com o sr caril ela não come nada com jeito...reclama com a avó.

Fui vendo o sr caril triste lá pelo cantinho...achei justo dar-lhe uma oportunidade, a ele e a nós duas!

Fui ao talho e pedi ao sr que me prepara-se meio quilo de carne picada..."como de costume...uma parte de porco,outra de vaca e um pedaçinho de chouriço magro ?!"

Sorri-lhe e pensei com os meus botões...boa memória!

Lá lhe respondi que sim por favor...

Fomos pra casa...

Já tinha decidido,iria fazer umas almõndegas com o sr caril!

Fui preparar os ingredientes... e fiz assim:


500 kg carne porco,vaca e chouriço magro(tudo picado)

1 Cebola pequena

1 dente alho

salsa

1 chavena almoçadeira de leite

1 paozinho(miolo)

1 ovo

Pimenta

sal

Meio pacote de natas de soja

Caril q.b.

Azeite q.b


Piquei a cebola muito miudinha e o dente alho e a salsa.Reservei.

Aqueci o leite e desfiz-lhe dentro o miolo do pão.

Á carne picada juntei a mistura da cebola,o leite com o pão e o ovo , envolvi tudo muito bem com as mãos.

Temperei com pimenta e sal.

Moldei umas bolinhas e reservei.


Levei ao lume um pouquinho de azeite, coloquei dentro as almondegas e deixei fritar , indo virando para não queimar.

Depois de cozinhadass retirei-as para o lado e juntei na frigideira as natas(juntei um pouco de leite) mais uma colherzinha de sobremesa de caril.

Temperei a gosto e juntei as almondegas.Deixei apurar um pouco .


Acompanhei com uma massinha taglietti e uma saladinha...



Ora fomos pra mesa e...não é que estava muito bom?!

Ficou aprovado o sr caril...isto porque não abusei na quantidade, e assim todos gostaram.

Sr caril voltaremos a cruzar caminhos!


Veio para a mesa um vinho tinto "Cabeça de Burro 2005"para o marido...pra mim, um restinho de "Alvarinho" 2007... verde, como eu gosto!


Até breve...





Eu,Tina

O meu selinho...




Estou tão contente!!!!!!!!!


Recebi o meu primeiro selo da minha amiga Anna azeiteealho.
o qual eu muito agradeço!!!

Jinhos

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009


Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009


Não importa o quanto você vá devagar desde que não pare.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Arroz Colorido





A caminho d casa ia pensando no que fazer para o jantar...

Nada surgia...
Em casa fui abrir o figorifico...algo surgirá , pensei.
Abri a gaveta dos vegetais ...uma vozinha chamou por mim...era uma beterraba pequenina e já a ficar velhinha que triste me dizia não se sentir util.
Agarrei-a...
Logo de seguida umas cenourinhs apelaram á minha boa vontade...também queriam ir jnto da amiga berraba.
Agarrei-as pois então!
Levanto-me pra ir para a bancada...
pssst... não é que uns espinafes me chamavam da gaveta ao lado?!
Não podiam ficar ali...sem a companhia das meninas vizinhas!
Lá agarrei neles e bancada!
Sorri-lhes... três tons diferentes...uma ideia gira me surguiu
Lembrei-me que tinha leitâo congelado... fui retira-lo do congelador e coloquei a descongelar.
Lá transmiti aos meus amigos vegetais o que estava a pensar fazer...
Um arrozinho colorido e saboroso...todos concordaram pois todos iriam ser uteis...

Mãos á obra ... e foi assim:

Coloquei um pouco de azeite num tacho e pus um dente alho aberto ao meio.
Deixei ganhar um gostino e deitei-lhe uma taça almocadeira de arroz.
Deixei abrir um pouco ,mexendo sempre pra não queimar.Adicionei a água,temperi de sal.
Coloqu ao lume três tachinhos com água e sal.
Num coloquei a beterraba sem pele cortada em quatro.Noutro as duas cenouras e no outro os espinafres escohidos e lavados.
Deixei cozer,depois escorri a água de cada um deles e reservei.
Deixe o arroz ainda rijinho e solto.Dividi-o em tres partes.
á primeira parte juntei o puré de cenoura (que triturei no copo misturador) envolvi bem e coloquei dentro duma forma de cano...
Á segunda parte de arroz , misturei o puré de espinafres (triturados da mesma forma) envolvi bem e coloquei por cima da camada anterior.
Finalmente á terceira parte do arroz envolvi com o puré da beterraba e coloquei na forma.

Com a costas duma colher fiz alguma pressão na ultima camada de arroz.
Reservei, enquanto colocava o leitão no forno para aquecer.
Desenformei o pudim de arroz pra um prato de ir á mesa e decorei com umas rodelas de laranja,cenoura e beterraba ralada um raminho de salsa.


Visualmente ficou muito bonito...mas o sabor...

Ainda melhor!

Porque ás vezes temos que dar algum colorido á vida!!!

A repetir...

Tina



A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas sim em levantarmo-nos sempre depois de cada queda.


sábado, 14 de fevereiro de 2009

AMOR...


Porque todos os dias deveriam ser dias do Amor...

Porque todos os dias deveriam ser dias pra namorar,pra lembrar o outro do quanto no é importante...

Porque todos osdias deveriam ter este espirito ...amor!


Aos meus Amores...aos Amores a minha vida, pra vós uma vez maiS...todo o meu amor!

Um beijinho meus Amores!


A todos um bom dia dos namorados...bem haja ao amor!!!

Tina

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Desafio...7 Pecados!



Não é que um Anjo cozinheiro, a minha amiga Iabel COZINHAR COM OS ANJOS , me desafiou a falar dos 7 pecados ...

deixou-me este desafio e ...

bem então aqui fica:

1. GULA- Gosto de comer boa comidinha ,bons docinhos....mas tudo na medida certa.Não como muito,gosto muito mais de cozinhar!
2. AVAREZA- Esta não entra na minha vida!
3. INVEJA- Sempre trabalhei e lutei por tudo o que tenho...e o que dou-lhe muito valor! Não invejo nada a ninguém...que cada um lute por o que que quer!
4. IRA- Não façam nada de mal aos meus rebentos e á minha Mãe! Aí, é que me tiram do sério...e não queiram experimentar!
5.SOBERBA/ORGULHO- Sou humilde por natureza...porque assim fui educada,com muita humildade e muita dignidade. O meu maior orgulho são os meus rebentos lindos e a alegria de viver e vencer as dificuldades da minha mãe.
6.LUXÚRIA- Se possìvel??!
7.PREGUIÇA- Hum...com esta então é que não me dou mesmo bem...nem com pessoas que dela usem!

Agora tenho que passar o desafio ... aqui vai, se já o receberam , igonrem ...se não , vamos a fazer(se quiserem, claro... :) )











Não corrigir nossas faltas é o mesmo que cometer novos erros.

Confúcio

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009


O sábio envergonha-se dos seus defeitos, mas não se envergonha de os corrigir.

Confúcio

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Aprendizagem...


Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo.

Confúcio

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Por agora...


Até que o sol não brilhe, acendamos uma vela na escuridão.

Confúcio

domingo, 8 de fevereiro de 2009

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Sem coragem...


Sem coragem pra neda...sem vontade de nada...só ficar sozinha,no escuro,no silencio
Somente isso
Eu...Tina

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Pensamento do dia


Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.

Confúcio

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Tarte de Maça e Canela


Olho através da janela da minha cozinha e avisto as minhas larangeiras agitadas e tristes...pelo vento,pela chuva e frio!
Ao meu lado está a mnha fruteira cheia de maças vermelhinhas e bem cheirosas...alegres e bem mais quentinhas...
Agaaro numa pra dar uma dentada mas estas suplicam por um doce...um bolinho...uma tarte...
Ok, pensei então como miminho a elas pelo seu bom cheirinho e surpresa aos meus provadores oficias sai uma tarte cremosa de maçã e canela...

Uma agradavél mistura de cheiros e sabores!

Vamos a preparar os ingredientes:

1 base de massa folhada
150g de açucar
5 ovos
3dl de leite
4 dl de natas
1 c.(chá) de canela em pó
2 maçâs
1 limão
Açucar em pó para polvilhar

Preparei assim:
-Forrei uma tarteira de fundo amov`vel com 20cm de diametro e piquei com o garfo.
-Numa tigela misturei o açucar com os ovos, o leite, as natas e a canela e mexi tudo muito bem com a varinha de arames.
-Descasquei as maçâs e ralei-as com o ralador como se fossem cenouras.Reguei com o sumo de limão e juntei ao preparado anterior.
-Deitei tudo no tarteira e levei ao forno a 200º c por 40 minutos.Depois de cozida,deixei arrefecer ,desenform ei e polvilhei com açucar em pó.

Muito boa!

Eu...Tina

Agir...


Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?

Fernando Pessoa

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Ti- Padre...


Se fisicamente estivesse entre nós haviamos comemorado no dia 28 Janeiro os seus lindos 100 anos...acredito que os festejou num jardim lindo...em paz.

Ti-Padre(era assim que todos carinhosamente o chamava-mos:) ) porque o tio faz parte dos meus tesouros bem guardados e recordados com saudade, quero com muito orgulho partilhar este meu cantinho consigo...
Transcrevo o texto que escrevi noutro local uns dias depois da sua partida.
A poucos dias dum ano da sua partida ...saudades de si.
Que esteja em paz Ti-Padre

~~~~~~~~


A morte é sempre triste...

Fica a saudade dos que nos marcaram durante a sua vida ...durante a sua passagem pelas nosssa vidas.

Agora foi a sua vez Ti-Padre...

Ficará a recordação da celebração do nosso casamento,das suas palavras bonitas e especiais,dos seus conselhos no dia antes e do baptizado dos nossos rebentos.

Ficará a recordação do seu riso, do seu sorriso,das suas historias...dos seus contos...das suas experiências.

Ficará a recordação das suas histórias, da sua experiência em Macau,Hong Kong e Xangai.
Xangai...falava de Xangai sempre com um sorriso lindo... onde foi ordenado sacerdote em 1942.

Graças a Deus que os meus filhos o conheceram...poderam partilhar consigo momentos bonitos ,interessantes e divertidos.

Era bonito de ver o entusiasmo do meu filhote ao seu lado,na sua poltrona quando lhe faziamos uma visata...

A sua cultura , a sua formação Tio eram duma beleza maravilhosa. Todos nós aprendemos algo consigo...todos Tio.

Apesar das sua limitações a nível fisico, a dificuldade em andar , a sua lucidez era notória para os seus 99 anos.

Continue a olhar por nós,por todos nós que bem precisamos Tio.

Agora, e porque acredito, ao lado dos Anjos...do Senhor...agora ajude-nos nesta nossa missão terrena.

Com saudade.Com amor.

Até um dia Ti-Padre

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Em silencio...


O silêncio é um amigo que nunca trai.

Confúcio

Pêras bêbadas...


No sabado fui ao hipermercado comprar peixinho pro jantar ...a caminho da caixa passei na zona da frutaria e tive logo que parar...
De olhinhos tristes, pequeninas e verdes lá estavam umas perinhas a suplicar que as levassem pra casa...como tenho um coração mole ;D, não consegui virar-lhes costas e...lá peguei num saco e fui colocando lá pra dentro as pequenitas...vou eu...,eu tambem vou...l, á iam elas gritando e tentando dar nas vistas.
Comigo seguiram 10 meninas.
Ao chegar a casa enquanto o jantar se cozinhava fui conversando com as meninas pêras ...Doce diziam umas...tarte diziam outras...fruteira... vinho!
E ...á um tempo que não fazia a minha sobremesa preferida...
Disse-lhes vamos pro vinho...Pêras bebadas!

Ficam muito boas...esta é uma das sobremesas que raramente falha nas festas de casa...


Ingredientes

Pêras (1 ou 2 por pessoa)
Vinho tinto q.b
Açucar q.b.
2 pauS de canela


preparação

Descascam-se as peras deixando-as inteiras e com o pezito,cort-se a base de maneira que segurem de pé.
Colacam-se as pêras numa panela com o açucar e os paus de canela.
Deita-se para dentro da panela o vinho tinto até a que fiquem submersas e deixam-se cozer em lume brando, até ficarem macias e o molhinho do vinho com o açucar comece a ficar consistente.
Vão-se virando as pêras pra irem ganhando cor uniformemente.


NotasQuando começam a ferver tem de se ter cuidado e ir vigiando porque faz muita espuma e deita fora...
Aquantidade de açucar é um pouco a gosto dpessoal,nós la em casa não gostamos delas muito doces, aconselho a pôr pouco no inicio e ir acrescentando se necessário for.

Eu...Tina

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

O meu silencio...


Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.

Fonte:Oscar Wilde

domingo, 1 de fevereiro de 2009

AMIGOS...


Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.

Fonte:Confúcio

Tesouros Guardados

Outros Sabores

Outros Sabores...

Obrigado por vir ao meu encontro...

Obrigado por vir ao meu encontro...
"Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre."

Cecília Meireles